A estética ao serviço da ideia
Novembro 9, 2008, 11:51 am
Filed under: Em foco

ad8b2a3367a4Ao longo da História a imagem, a iconografia e a estética têm desempenhado um papel fulcral na criação, no desenvolver e, finalmente, na imposição de determinadas ideias, fossem de índole cultural, social ou mesmo política.

A área identitária não é alheia a este facto, e o seu empenho no combate gráfico tem sido desde sempre uma constante. Basta visitar, a título de exemplo, qualquer página identitária francesa para que isto se torne um facto evidente. Em Portugal, os identitários têm igualmente, sob as mais variadas formas, encetado esforços para chegar mais perto dos nossos compatriotas pela utilização permanente de uma estética inovadora, assumindo, deste modo, que numa época como a nossa, em que o reino da imagem está entranhado até nas mais ínfimas coisas, também nós devemos adaptar-nos à situação e explorá-la para proveito dos nossos ideais.

Posto isto e sem mais demoras, quero aproveitar o ensejo para recomendar a visita à página de origem Bretã Graphisme Identitaire, na qual quem desejar poderá adquirir inclusive alguns dos trabalhos aí expostos.
Outra página muito bem concebida, e cujo o poder das imagens está bem patente, dá pelo estranho nome de Police du Monde Parodique. Ninguém ficará indiferente às poderosas mensagens presentes nesse blog.

Por fim, quero granjear os leitores com a possibilidade de conhecerem parte da extensa e extraordinária obra do pintor Russo Konstantin Vasiliev, bastando para tal que descarreguem o ficheiro aqui.* Acredito sinceramente que será do agrado de todos vós.

*O ficheiro está em RAR e consome cerca de 70 MB.


15 comentários so far
Deixe um comentário

Obrigadão, K’mrd. Eu ando às voltas com Poussin.
Descobre este:
http://bandeiranegra1.wordpress.com/2008/11/10/post-adiado-ainda-o-bpn-as-ligacoes-perigosas-as-proteccoes-suspeitas/
Lololol…teve mesmo de ficar para outro dia.

Comentar por Spartakus

Lamento, caro arqueofuturista, mas o Microsoft Paint (já) não representa uma estética inovadora.

LOL!

Comentar por Miguel Vaz

Caro PR, grato pela tua sempre informação desconcertante, aquela que o sistema não gosta que se dê a conhecer.

Comentar por arqueofuturista

Meu caro Miguel Vaz, com efeito o Paint está ultrapassado, mas constato que, à semelhança de outros, também tu, equivocadamente, eriges o meu blog numa espécie de estandarte da área Id nacional, e em particular a minha rudimentar iconografia, via microsoft paint. Sinceramente nem sei se devo ficar orgulhoso ou triste. Uma coisa é certa, não apresento neste blog senão as minhas opiniões pessoais e mesmo com um blog esteticamente demodé as visitas diárias tornam este tasco num dos mais visitados da blogo-área. Vá se lá perceber…

Felizmente a área Id nacional e internacional tem outros, os melhores diga-se, artistas, colmatando assim a minha miserável ausência de photoshop.

Comentar por arqueofuturista

Bem referido camarada Arqueofuturista, para puxar a sardinha para as minhas opinião ia dizer que não é uma moda actual mas que é de sempre, desde que seja dada ao Homem a liberdade para se exprimir através do belo. Talvez nos nossos tempos tenha uma redobrada importância para comunicar de uma forma mais directa e evitar que a mensagem fique retida nas barreiras do racional, que muitas vezes não é tão racional como isso.

Comentar por Silvério

Esse Miguel Vaz tem a mania que é chico esperto, mas ainda estou para saber o que é que ele contribui para o movimento para além de meter umas frases feitas numas imagens????

Comentar por Minotauro

Vê-se logo que és analfabeto, o Kasiliev era um comuna entusiástico, que desenhou marchas triunfais do exército vermelho, por sinal a caminho de entrar em combate com os alemães!
Viste elmos de vikings ficaste em polvorosa! LOL!!!

Comentar por KLATUU O EMBUÇADO

Klatuu, no minímo revelas uma deficiência na capacidade interpretativa e nominativa. Primeiro, não é kasiliev, segundo, em momento algum Vasiliev foi comuna ou vangloriou a merda do exército vermelho de sangue. Vasiliev era isso sim um patriota, um identitário avant la lettre, e se esplamou nas suas obras o exército soviético, isso não se devia ao facto desse ser comuna, mas antes por estar envolvido na grande guerra patriótica, termo que designa a luta do povo Russo contra o exército do III Reich (de referir que quando Estaline apelou ao espírito da internacional o exército russo levou porrada sem fim e só o patriotismo de recurso é que salvou a URSS de ser obliterada mais cedo da história).

Enfim, mais um episódio da tua imensa estupidez.

Comentar por arqueofuturista

Não te armes em cepo; o facto de ter passado o «k» de Konstantin não demonstra que desconheço o autor e a obra, foi lapso óbvio.
Quanto ao mais, só dizes bacoradas. E só te faltava mesmo, para a degradação total, começares a debitar a cartilha da merda dos anarco-nacionalistas… Hitler e Lenine: LOL!!!
És uma perda de tempo.

P. S. A «merda do exército vermelho» varreu os alemães até Berlim e fodeu-os à força toda.

Comentar por KLATUU O EMBUÇADO

Klatu, que idade é que tens? Asseguro-te que a tua escrita revela uma idade mental pueril, e a tua cultura geral não se afasta dessa idade, de tão bronco que és. Não tenho paciência para te dar trela, és um caso perdido. Aliás quem visitar o teu blog apercebe-se de imediato quão subnormal és, enclosurado num mundinho muito próprio, recheado de fanatasia. Só falta o coelhinho e o Pai natal.
Pôe-te a andar.

Comentar por arqueofuturista

Mais velho que tu, cretinóide… Eu sei muitas coisas: são os morcegos que me as contam na calada da noite… :)

Mas, claro!, daqui a um século, estarão os Portugueses espantados com a marca cultural deixada pela tua obra e inteligência! LOL!!!

Comentar por KLATUU O EMBUÇADO

A «merda do exército vermelho» varreu os alemães até Berlim e fodeu-os à força toda

Não, filhodaputa poltrão e mal-informado. Esqueces o pormenorzito de que antes disso já a Wermacht tinha espetado valentes arrochadas ao teu exército vermelho, pois que as tropas alemãs chegaram a quarenta quilómetros de Moscovo, e não fossem os Ianques começarem a dar que fazer aos Alemães na frente ocidental, o mais provável é que os teus bolcheviques se quedassem aniquilados.

Comentar por Caturo

O «perigoso» Caturozinho dos blogues… o peido póstumo do Himmler! :)
Eu até entendo porque te excitas todo comigo e te saiem logo tantos palavrões… Foi de teres sido gozado por miúdos de 15 anos e até por outros nacionalistas? Não foi piolhoso??
Mas eu entendo, quando vieste cumprir a tua função de lacaio da cona para o meu blogue… não poderias adivinhar com quem te irias meter.

Corres bem Caturozinho? :)

Comentar por KLATUU O EMBUÇADO

P. S. «O meu exército vermelho»?? LOL!!! Tu em pequenito eras fã de BD, não eras grande Caturozinho? E agora és o orgulho da mamã, agora que és parte dos «perigosos» nacionalistas dos blogues… uma cambada – como diria o Ramalho Ortigão – de cagarolas, sempre com medo de 200.000 pretos e de 1.000 judeus que há no país! :)

Eu sei, roubaram-te o telemóvel! JAJAJAJAJAJAJA!!!

Comentar por KLATUU O EMBUÇADO

«não fossem os Ianques começarem a dar que fazer aos Alemães na frente ocidental, o mais provável é que os teus bolcheviques se quedassem aniquilados.»

JAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJA!!!
(pausa para arrotar)
JAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJAJA!!!

Comentar por KLATUU O EMBUÇADO




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: