Resistência identitária chega à Suécia
Julho 4, 2008, 9:54 pm
Filed under: Ligações Amigas, Resistência & Reconquista

Se commumente por movimento entende-se o acto de mover, actividade, evolução, alteração, o movimento identitário, nascido em solo gaulês no ano de 2002, expressa de forma bem visível o enorme potencial das suas ideias, da sua mensagem, da sua praxis, um potencial que se traduziu por um inevitável ultrapassar de fronteiras geográficas, dado o carácter de ruptura com formas passadas e ultrapassadas e pelo sua inovadora forma de fazer a política, sendo o caso português um exemplo claro disso, quando em 2005 a associação Causa Identitária ganhou substância física.
Implantado está nas terras de Cervantes, assim como na bella Itália, o movimento identitário chegou finalmente à terra dos vikings. O reino da Suécia, outrora um país etnicamente homogéneo, economicamente próspero, socialmente harmonioso, conhece desde alguns meses a presença do activismo identitário em forma de resistência à descaracterização etnocultural que assola esta nação escandinava.

Se as ideias de Guillaume Faye há muito que penetraram no pensamento alternativo e da contracultura sueca, pela mão do blogger Oskorei, o movimento identitário não havia, contudo, adquirido os desejados mecanismos organizacionais. Através do espaço internético Identitet Väst torna-se patente o fulgor militante dos identitários suecos. O Manifesto Identitário (tradutor online do Google ajuda!) recentemente apresentado em nada deixa duvidar da sintonia ideológica que irmana os activistas suecos, franceses, castelhanos ou portugueses. Através de uma prática militante permanente por via da distribuição de folhetos, pinturas murais e colagens de autocolantes, ou pela estruturação do corpo ideológico do movimento identitário sueco, podemos estar seguros de que o Lambda, símbolo que matiza a resistência identitária europeia, tornou-se já no estandarte da vanguarda política sueca na luta pela defesa e preservação das nossas identidades nacionais e europeia.

Älska din identitet!


3 comentários so far
Deixe um comentário

Excenlte Noticia!!!

Saludos

Comentar por Sudamericano

coitados dos Suecos, ja nem os principes são racialmente Suecos. O rei parece que se casou com uma brasileira que como habitual, tem misturas um pouco de tudo, sangue indio, sangue negro e por ai fora.

Comentar por Kim

Älska din identitet!

Greetings from Sweden.

Hell Europe.

Comentar por Regn




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: