Turbo Folk
Fevereiro 3, 2008, 6:39 pm
Filed under: Em foco, Europa

Por Arnaud (Via JI Grenoble)

Estilo de música surgido no início dos anos 90 na Sérvia, o Turbo Folk é um exemplo de preservação da música tradicional no seio da modernidade.

O turbo Folk é o termo genérico para definir essa música que combina melodias e cantos tradicionais sérvios a ritmos mais rápidos que se podem encontrar no Pop ou o Techno. Esta mistura de modernidade (“Turbo”) e de tradição (“Folk”) criou uma música com um estilo específico que se encontra apenas nos Balcãs. Este estilo musical tem particular influência na Sérvia, Macedónia e Montenegro. Verdadeira alternativa à música sem alma que se dança habitualmente nas discotecas, as letras do Turbo Folk podem igualmente falar tanto de amor, como de melancolia, de história ou do nacionalismo….

A popularidade desta música é impressionante e não é de todo raro ouvir o Turbo Folk nas discotécas. Escutada por toda a juventude, as cantoras de Turbo Folk (com um estilo frequentemente provocativo) são verdadeiros ícones nos Balcãs. A mais famosa entre elas está indubitavelmente Ceca. Esposa do defunto chefe de guerra Arkan, Ceca cantou numerosas canções patrióticas que visavam encorajar os soldados sérvios. Ceca declarou nos anos 90 que se os Albaneses a ouvissem, não cantaria mais.

O Turbo Folk conseguiu impôr-se frente ao “world music” das discotecas da moda ocidentais. Perante as canções em inglês e a uniformização musical, o Turbo Folk aparece como um estilo musical resistente. As palavras são sérvias, as melodias são-no igualmente, assim como as cantoras… O Turbo Folk é, em suma, a aplicação do conceito de arqueofuturismo a esse vector de tradição que é a música!


Ceca actuando para milhares de pessoas.


A lindíssima Seka Aleksic em plena actuação.


11 comentários so far
Deixe um comentário

Só são um espectáculo essas mulheres. Viva a Sérvia!

Comentar por Pizarro

Viva a Sérvia! Mesmo apesar de não conseguir ver as imagens…

Acho que esse “turbo folk” também já se vê pelo Ocidente com grupos musicais de inspiração Celta, por exemplo ou os extintos Adiaifa(?) em Portugal…

Comentar por D. Sebastião II

Vou ser sincero ó Arqueofuturista, a música é assim a dar pró fraquito agora as interpretes, vou-lhe dizer… e aquelas vozes sensuais… Desta vez tenho de reconhecer que você tem razão, curvo-me perante as evidências.

Ah, já me estava a esquecer, VIVA A SÉRVIA!

Comentar por Ninguém

Divulgação

Um Blog ,dois livros!

http://www.camaradachoco.blogspot.com

“Camarada Choco”

e

“Camarada Choco 2”
António Miguel Brochado de Miranda
Papiro Editora

Papelaria “Bulhosa” Oeiras Parque, Papelarias “Bulhosa”, FNAC ou http://www.livrosnet.com

Tema: Haverá uma fronteira entre os Aparafusados e os Desaparafusados?”

Filmes de Apresentação no “Youtube” em “Camarada Choco

Comentar por Camarada Choco

Ummm… o mais parecido por cá que tenho visto é o grupo Xaile… parecido, mas para melhor na minha opinião, porque também une uma base fortemente baseada na música tradicional com uma certa modernidade e o, digamos, encanto estético feminino utlizado de forma propositada e bem conseguida. Será mais próximo dos vários grupos femininos de inspiração irlandesa, mas ainda assim é possível estabelecer paralelos com estes exemplos Sérvios.

Fica o vídeo para darem uma vista de olhos: http://br.youtube.com/watch?v=46_DsPEJEvg

Comentar por Oestreminis

É difícil estabelecer paralelos com o Turbo Folk devido à carga de intervenção política muito maior que este tem, mercê da situação da Sérvia.

Ainda assim, e concentrando a atenção mais na boa utilização da estética feminina e numa musicalidade moderna fortemente baseada na tradição musical portuguesa, lembrei-me das Xaile, que vi recentemente. Seguem uma linha que é próxima de alguns agrupamentos irlandeses, mas creio virem a rpopósito – ainda que apenas na forma e não necessáriamente no conteúdo.

Fica a ligação: http://br.youtube.com/watch?v=46_DsPEJEvg

Saudações.

Comentar por Oestreminis

Um link fora de contexto mas interessante:

http://fiel-inimigo.blogspot.com/2008/01/atletismo-capitalismo-catecismo-e.html

Comentar por Ninguém

Ó Ninguém, mas não encontra links de gente.
Tirando o Lidador, toda a gente que participa naquele blog parece ser uma espécie de lixo Humano.
Triste que continuemos a ter gente daquela na Europa, desesperante, o facto de ser exactamente aquele tipo de gente, apenas com um pouco mais de classe e educação, que governa a União Europeia e o país.

Cá para mim, não me merecem lá muito respeito, o quê que o Ninguém acha? Tem o Ninguém opiniões?

Comentar por D. Sebastião II

Ninguém, o link que sugere revela apenas que a volúpia destruidora de povos e culturas é tanto desejo da direita como da esquerda, duas caras da mesma moeda.

Caro Oestreminis, grato pelo contributo, sem dúvida uma pertinente comparação. Pena é que em Portugal tal vertente musical, a dos Xaile, não tenha muitos seguidores.

Comentar por arqueofuturista

“Ninguém, o link que sugere revela apenas que a volúpia destruidora de povos e culturas é tanto desejo da direita como da esquerda, duas caras da mesma moeda.”

Sinceramente Aequeofuturistas, indecisões dessas não abonam nada de bom. Em caso de dúvida, vire sempre á direita.
Aliás, só tenho que pedir desculpa ao Ninguém porque o dito blog até tem bons artigos, o referido no link é que foi de muito mau gosto. Não passa de uma brincadeira, no entanto. Mas uma defenitivamente parva.

Olha uma piada!
“Pena é que em Portugal tal vertente musical, a dos Xaile, não tenha muitos seguidores.”
Nem o Nacionalismo!

Paz… ou guerra!

Comentar por D. Sebastião II

E ELA PRECISA CANTAR ????? – PARE TUDO !!!

Comentar por jose silva




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: