Depois dos Deuses do Estádio… as Deusas!
Agosto 28, 2007, 9:00 pm
Filed under: Em foco

 

E com isto o Arqueofuturismo Online mete uns dias de férias. Até breve!


31 comentários so far
Deixe um comentário

Finalmente pôs uma morena á frente de uma loira!
Se bem que continua a não ser justo pois a loira parece um homem e ainda há de aparecer alguém a dizer que para se pôr uma morena á frente de uma loira é preciso desfemeninizar esta última. O que não é verdade.

Comentar por D. Sebastião II

Mas voê prefere loiras ou morenas? Escreve finalmente por eu colocar uma morena antes de uma loira, mas diz que estas últimas são mais femininas que as primeiras. Vá se lá entender.

Comentar por arqueofuturista

D. Sebastião II espero que prefira a loira que parece um homem , do que a Lurdes Mutola…. :-P

Forte Abraço Arqueofuturista e boas férias !

Comentar por Mauro

Cumprimentos.

Comentar por Nero

Também fiquei encantado com a primeira, quando a vi na TV.

Um abraço e boas férias.

Comentar por Afonso Lima

Penso que a loira nao se parece em nada com um homem e é bem feminina.
Escolhia a loira e somente a loira de feições bem femininas e nordicas.

Quanto à morena no meu entender foi uma escolha infeliz. Faz-me lembrar a Jessica Alba (mulata).

A loira é da Suécia e a morena é de que país?

Comentar por Augusto

Bolas!
Eu disse que a loira parece um Homem!!! Logo perfiro a morena!

Agora é pena é que se compare a morena com um “Homem”. Assim parece-me injusto (neste caso para as loiras como noutros achei injusto para com as morenas).

“…para se pôr uma morena á frente de uma loira é preciso desfemeninizar esta última. O que não é verdade.”
Aqui, “o que não é verdade” significa que não há necessidade de desfemeninizar as loiras, para que as morenas tenham vantagem. Não signfica que umas são mais femeninas que outras. Cada caso é um caso.

Mauro, podes ficar tu com esta loira… mas já agora, de que país é a menina da primeira fotografia, é que não reconheço o equipamento. Será Americana? Ou será Austríaca?

Se for americana serve para calar algumas vozes que por aqui espalham o ódio contra a América como se esses fossem “traidores das suas pátrias por terem imigrado”.

Comentar por D. Sebastião II

Tres hurras por las deusas!!!! Hip, hip…
Por cierto, creo que sois injustos con la pobre suequita, que está poco arreglada, y que le cogieron un poco fatigadilla… la morena (impresionante, oiga!!) se ve que está un poco más estudiada, más en pose… por cierto, ¿de donde es?
Un abrazo y buenas fiestas… disfrútalas

Comentar por pepin

Impresionante la morena, pero reconozcamos que la rubia salió un poco descolocadilla (vaya mi simpatíaparala suequita, eso sí…) y con un gestopoco estudiado. En cuanto a la morena… no encuentro palabras ante tanta belleza y poderío… es como la Silvana Mangano pero con salto de pértiga (símbolo fálico?). Por cierto, ¿de dónde es esta señorita? (rabia, quién la pillara…)
Buenas fiestas, amigo Arqueofuturista, y más fotos de éstas, please.
Por cierto, pregunta, ¿de dónde sacaste la foto /cuadro delartículo “os homens novos”?
Pepin

Comentar por Pepin

Se a primeira é uma Deusa, a sueca é um demónio :P

Comentar por Castro

Eu gosto das duas, ambas caucasianas!
Dois ramos formosos de uma mesma bela arvore….

Boas ferias!

Abraco

Comentar por Miazuria

Ora bem, após as minhas curtíssimas férias, embora afortunadamente bafejadas pelos vossos desejos, vamos lá então às respostas.

A primeira atleta tem o nome de Allison Stokke e veste as cores dos Estados Unidos da América. Já a segunda, notoriamente escandinava, dá pelo nome de Carolina Kluft e é uma medalhada atleta Sueca.

Poderia ter publicado fotos de tantas outras bonitas atletas europeias e euro-descendentes, optei por estas, pois como bem refere o meu amigo Miazuria representam “dois formosos ramos de uma mesma bela árvore”.

Sugiro que os meus amigos coloquem aqui endereços electrónicos com imagens de atletas que consideram, desde as vossas perspectivas estéticas, exemplos da singular beleza da nossa estirpe.

Comentar por arqueofuturista

«Por cierto, pregunta, ¿de dónde sacaste la foto /cuadro delartículo “os homens novos”?»

Prezado amigo Pepin a imagem que publiquei nesse artigo é um trabalho formidável do artista futurista italiano Ernesto Michaelles, conhecido como Thayaht. Procure saber mais sobre este artista que certamente ficará espantado com os seus trabalhos, assim como com outros futurista actualmente tão injustamente desprezados pelos motivos que sabemos…

Comentar por arqueofuturista

Epá, como é que eu não reparei que a segunda é a Carolina?! Tenho de usar óculos está visto, pese embora o ângulo não lhe seja totalmente favorável. Prefiro antes assim: http://eaa2.exigo.ch/images/zoom/echday1/day1c.jpg

Já agora aproveito este post para referir algum descontentamento da minha parte sobre o desporto de alta competição: Estamos a chegar a um extremo, onde muitas mulheres parecerem, autenticamente, homens. A primeira do teu post é uma boa excepção à regra. Já a Carolina foge um pouco mas mantêm uma aparecência bastante feminina. Mas muitos exemplo há onde se afigura uma total disfunção daquilo que é ser homem ou mulher.

Posso estar a ser um pouco arrogante, mas é a minha opinião.

Comentar por Afonso Lima

“dois formosos ramos de uma mesma bela árvore”.
Por amor de Deus!!! A Loira é horrível, não é um ramo formoso…
É um ramo quebradiço…

No outro dia em navegações internéticas entrei no site askmen.com e advinhem quem era a mulher mais desejada de 2007 segundo aquele site?
Beyoncée Knowles.
Curioso é que apenas 16% dos visitantes do site concordam com a posição de destaque que a cantor tem no site.
Sendo o site Americano, quem serão esses 16%?

Toma, bem feito!
Só para calar algumas bocas… a morena não é Europeia, é AMERICANA, deixa de ser Europeia por causa disso? Complicado não é… :)

Comentar por D. Sebastião II

Sempre que algum atleta, de nacionalidade poruguesa mas de origem não europeia, ganha alguma medalha é norma que a maior parte dos blogues e sites identitarios/nacionalistas ignorem o facto ou então façam um escabeche do caraças
No passado dia 1, Vanessa Fernandes, portuguesa de gema nascida em Perosinho/V.N.Gaia, sagrou-se Campeã Mundial de Triatlo e, nem uma palavrinha.
Se calhar não está dentro dos canones identitarios de beleza.

Comentar por Tenebroso

Tenebroso você até expressa pertinentes observações, embora manchadas pelo seu nítido posicionamento contra tudo aquilo que aqui se transmite.

No que aos atletas de origem não-europeia concerne, em breve irei exprimir a minha opinião, nomeadamente sobre o vergonhoso caso Pepe.

Já no que respeita à valorosa Vanessa Fernandes, por coincidência esta grande atleta portuguesa de cepa venceu a prova em que estava envolvida no momento em que este blog meteu férias (sim, porque não sendo eu comunista e muito menos de esquerda respeito rigorosamente esse contributo fascista que são o gozo de férias). Contudo posso garantir-lhe que como identitário considero a vitória da Vanessa uma chapada sem mão para a cáfila apátrida que tanto promove os Makakulas e Obikwelus do nosso desporto. Portugal não precisa de oportunista nem de mercenários, a “prata da casa” basta!
Infelizmente e para ser sincero a nobre atleta Vanessa Fernandes não faz parte dos meus gostos de beleza feminina. É que ser identitário não obriga ninguém a ver beleza onde ela não existe, tal como permite livremente ver beleza numa sueca ou numa japonesa, numa indiana ou numa ianomani.

Comentar por arqueofuturista

D. Sebastião, o meu amigo não gosta da beleza da Sueca e ponto final. Não nos vamos zangar.

Repare que não sou nada dogmático, nem por extensão os identitários, bastando para tal ler a resposta que acima dei ao Tenebroso.

Comentar por arqueofuturista

Arqueofuturista, dá-se o estranho caso de até estar de acordo consigo na questão da legitimidade para a representar Portugal em eventos desportivos mas, também lhe digo que me repugna menos o caso de Obikwelu que o os de Deco e Pepe, pelo evidente mercenarismo subjacente à decisão de atribuir a nacionalidade a estes dois últimos.
Para terminar quero dizer-lhe que, apesar das evidentes diferenças ideologicas que nos separam, fiquei satisfeito por termos tido uma pequena troca de palavras de maneira bem civilizada.

Comentar por Tenebroso

Concordo com este último post do Tenebroso e acrescento que o Deco, devido á sua ascendência Europeia consegue apesar de tudo, ser um caso menos asqueroso que o do Pepe, que diga-se de passagem não joga assim tanto á Bola. Eu até torci e rejubilei-me pela lesão do Pepe. Que Deus me perdoe!

Comentar por D. Sebastião II

Tenebroso, não sei se é assim tão estranho o facto de concordarmos na inexistente legitimidade representativa de atletas alógenos que envergem as cores nacionais, afinal é uma questão de senso comum e principalmente de dignidade percepcionar que a inclusão desses atletas é atentatória do espírito e verdade desportiva.

Também concordo que os casos Deco e Pepe me provocam mais repulsa que o caso Obikwelu ou Nélson Évora, talvez por o futebol representar outro ópio do povo a cuja influência malévola do fumo também eu não consigo escapar, e claro está pela desavergonhada trama subjacente a essas naturalizações e convocatórias.

Por fim, mesmo em barricadas ideológicas adversas isso não obriga à falta de respeito. A elevação e cordialidade foram patentes por exemplo no diálogo que mantive com o senhor Egídio Vaz, um moçambicano de gema e de todo concordante com aquilo que aqui escrevemos, algo que poderá confirmar aqui ou ainda neste artigo.

Comentar por arqueofuturista

Faco justica ao “civilizado” debate entre o Arqueofuturista e o Tenebroso….

Assim, sim! Quem me dera que este genero de discussao de ideias pudesse alargar-se a outros topicos.
E esta a minha concepcao da POLITICA e da cultura.
Bem-hajam!

Abraco

Comentar por Miazuria

A propósito de beldades desportivas caucasóides, mas porventura andas desatento ao vólei ou quê?…

Se não publicas tu imagens de mulheres fenomenalmente atraentes, publico eu, espera pouco…

Comentar por Caturo

Sim, eu gosto muito de ver voleyball não só pelo desporto como pelas praticantes.

Comentar por Afonso Lima

Eu discuto tudo, da politica à pesca desportiva, umas vezes mais “civilizadamente” do que outras, é conforme a fase da lua.

Um grande abraço para ti amigo Miguel.

Comentar por Tenebroso

Ainda bem, amigo Tenebroso….

Retribuo o abraco

Miazuria (Miguel Angelo Jardim)

Comentar por Miazuria

Para mim é muito bonita! http://upload.wikimedia.org/wikipedia/en/5/5a/2452-08Kluft_photo2be_com.jpg

Comentar por WW

Amigo Miguel, sabes bem que sou apologista do debate civilizado, sempre e desde que da outra parte exista reciprocidade, como aliás tem sido a tónica.

Comentar por arqueofuturista

Caturo, as nossas beladdes são tantas que nem sei para onde me virar e não para corresponder a todos os gostos e vontades. A ver se encontro umas boas imagens de atletas de vólei. Caso demore muito, não te acanhes e publica tu que a mata gosta.

Comentar por arqueofuturista

WW, bons olhos te vejam de novo por aqui. Não te afastes muito senão perdes oportunidade de visualizar estas beldades. Ah, eu também a acho bonita.

Comentar por arqueofuturista

Entao a morena é dos Estados Unidos
hmm ok entao isso explica porque é que ela me fez lembrar a Jessica Alba.
Talvez essa morena que consideram europeia, tenha mesmo ascendentes negros.
Ao olhar para ela pareceu-me ver ali traços negros.
Nenhum especialista em fenótipos aqui que ache o mesmo ou saibam dos antepassados dessa morena?

Comentar por Augusto




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: