Tintin na Prisão
Agosto 19, 2007, 12:09 am
Filed under: Em foco

O imigrante congolês Bienvenu Mbutu Mondondo, é estudante (com 38 anos de idade!!!) de Ciências Políticas (mas com queda para o Direito) em Bruxelas e recentemente apresentou uma queixa num tribunal Belga para denunciar o carácter “racista” do álbum de banda-desenhada “Tintin no Congo”, exigindo que esse seja retirado de venda. 
                                                                                                                                                   Eis mais um tremendo e inolvidável contributo para a Europa de um desses pobres imigrantes que vêm para a o nosso continente apenas e somente na demanda de melhores condições de vida e altruisticamente presenteando-nos, a nós ignaros europeus, com a  sua enriquecedora cultura.


29 comentários so far
Deixe um comentário

Mete nojo, isto.
( Tenho mtas dificuldades em komentar aqui).
Abraço,

Comentar por PR

Procurem TODOS VÓS!!!!!!!!!!!!

Informação sobre:
O Presidente da Camara de Bruxelas um fred thielsmanns (não se escreve assim);
E “Stop the Islamization Of Europe”

E gostaria de pedir ao ARQUEOFUTURISTA que comentasse a situação.

Boas Tardes
(Pesquisem perferencialmente em Inglês)

Comentar por Camões

Bueno, he de decir que yo con 41 tacos tambien estudio Ciencias Políticas… (vale, de hobby) mis analogías con el monito acaban aquí… Bien, es como si los Españoles nos enfadásemos con Goscinny por “Asterix en Hispania” o los alemanes por “Asterix en Germania”. sería una majadería! Pues ésto sólo demuestra que por una parte vivimos en una sociedad “débil” por aceptar las tonterías de un macaco recién caído de una rama, y por otra parte, que ellos siguen siendo unos acomplejados con sentimiento de inferioridad.
Otra observación para Tintinófilos: En el libro “Stock de Coque”, cuando desenbarcan en Haifa, no tiene nada que ver la edición que yo tengo de los años 70 con la “actual”: Los que mandan son ingleses, lo raptan terroristas del Irgún (con unas narices típicas) y lo re-raptan árabes. Ahora lo raptan directamente árabes…
Es la diferencia entre mandar directamente y hacerlo entre bastidores… ¿alguien se había dado cuenta de la diferencia?

Comentar por Anónimo

anónimo no, soy Pepin.
Saludos

Comentar por Anónimo

Será que o “macaquinho” sabe o que esteve na origem do massacre de que o Ruanda foi palco? Ou das diferenças racias (com o racismo Inerente) que se dão por toda a África (por ex~:Cabo Verde) ?

Será que alguém deve pôr isso em BD para o “macaquinho” poder entender?

Abraços

Comentar por Pepe

Boa semana, abraço.

Comentar por PR

Nada impede que em breve surja um desses brasileiros do tal de país irmão com este tipo de ideias para reescrever a História do nosso país, principalmente do período dos Descobrimentos.
Depois admirem-se.

Comentar por Lopes da Silva

Se não fossem os da estirpe do Tin Tin esses sujeitos ainda hoje eram canibais e viviam nas cavernas…
Estamos na era do politicamente correcto, e o pior cego é o que não quer ver.

Comentar por Mauro

Lá está o senhor Lopes da Silva a morder no pescoço dos Brasileiros!
Mas eles fizeram-lhe algum mal? Estava a brincar, só acho que todo (alguns, muito poucos para a dimensão Brasileira) o Brasileiro Europeu tem lugar em Portugal pois esse foi o país colonizador. Sabia que os haplogrupos por herança paterna (y) no Brasil são virtualmente iguais em Portugal e na população Europeia do Brasil? Isso quer dizer alguma coisa…

Adiantando… Mauro,

“Se não fossem os da estirpe do Tin Tin esses sujeitos ainda hoje eram canibais e viviam nas cavernas…”

O que achas que “esses sujeitos” estão cá a fazer? É que apesar de tudo o que o Tin Tin lhes ensinou “esses sujeitos” continuam a matar-se uns aos outros e a viver em barracas. Maus alunos, pá! E o pior é que agora vêm se matar e viver em barracas na terra dos Tin Tins.

Comentar por Camões

Estimado Pepe, si bien las matanzas de Ruanda son de origen racial y las del Zaire tribal, y fue una gran desgracia,(con intereses mineros americanos versus franceses por medio) has de reconocer que es problema de ellos, lo mismo que el racismo que me comentas en Cabo Verde, que también es SU problema y allá ellos. No creo que eso justifique que el primer negrito aterrizado en patera nos venga a indicar qué deben dejar de leer nuestros niños (y los tintinófilos adultos) y qué no!! De la misma manera que a mí me da igual qué hacen ellos y que dejan de leer (caso que sepan) y que no.
Yo creo que ya nos llega de moralina de pensar que occidente tiene la culpa de todos los males delmundo…
Saludos
Pepin

Comentar por Pepin

«Yo creo que ya nos llega de moralina de pensar que occidente tiene la culpa de todos los males delmundo…»

Aqui reside o cerne do problema. Este ridículo episódio protagonizado pelo imigrante congolês apenas adquire alguma expressão devido à auto-flagelação étnica dos europeus, definida por Guillaume Faye como etnomasoquismo e amplamente denunciado por este pensador francês nas suas obras. Outro francês que denuncia este infundado sentimento de culpa é Pascal Bruckner na obra “Le Sanglot de l’homme blanc: Tiers-Monde, culpabilité, haine de soi“, bem como no seu mais recente livro “La Tyrannie de la pénitence : Essai sur le masochisme en Occident“.

A Europa encontra-se refém da sua própria estupidez e cobardia moral, e este episódio somente vem contribuir para destruir a cultura popular europeia, inserida num plano maior de destruição da cultura europeia no seu todo.

Comentar por arqueofuturista

Mas temos todos culpa, deviamos suicidarmo-nos!
Que tal fazeredes como eu e suicidar-vos amanhã ás 16:30?

Comentar por Camões

Não faça isso Camões, mantenhamo-nos de pé, quais de Esparta, ou, mais actualizado em termos cinéfilos, como uma Última Legião de Roma frente à tirania da mediocridade..

Comentar por arqueofuturista

A iminvasao africana e a maior ameaca a Europa!
Um pais com minorias africanas tem um futuro muito negro!E so uma questao de tempo…….
Um desastre total!

Tenho dito!
Abraco

Comentar por Miazuria

Pior é a iminvasão islâmica porque os “inimigos” africanos são facilmente reconhecíveis agora, os islâmicos…
E temos os casos da Bósnia e da Albânia, e porque não da Turquia ou o da própria História, daquilo que se passou até na nossa bela Península.
Não consigo imaginar tais desenlaçes se os invasores fossem africanos (negros).
Os mouros não são estúpidos, daí a sua perigosidade.

Comentar por Camões

Já agora o que é que esse senhor alega para o livro ser retirado de circulação?

Comentar por jfarinhote

Este senhor africano, pelo que se sabe crónico queixoso no tribunal de Bruxelas, alega que o álbum “Tintin no Congo” contém tiradas racistas.

Pode ler uma notícia em inglês sobre este assunto aqui.

Comentar por arqueofuturista

Camões caso não tenha reparado, os grandes reivindicadores da invasão brasileira são todo(a)s branco(a)s. Nenhum dos milhares de pretos ou pardos, é escolhido como representante das reivindicações brasileiras para a abertura de portas à invasão brasileira.

Esta sua expressão «só acho que todo (alguns, muito poucos para a dimensão Brasileira) o Brasileiro Europeu tem lugar em Portugal pois esse foi o país colonizador» é semelhante à justificação dos patriotas do Minho a Timor para consentirem na criação das Amadoras que proliferam por Lisboa.

Comentar por Lopes da Silva

“Pior é a iminvasão islâmica porque os “inimigos” africanos são facilmente reconhecíveis agora, os islâmicos…”

Que venha o diabo e escolha….

Tem visto a serie “God’s Warriors” produzida pela CNN e apresentada pela famosa e tendenciosa jornalista Chistian Amanpour? Apesar de todas as imprecisoes e superficialidades deu para ver e ouvir que DE FACTO o islao e uma real ameaca a nossa cultura…..
Pior cego e aquele que nao que ver…..

Saudacoes e abraco

Miazuria

Comentar por Miazuria

Lopes da Silva,
não sabia de nada disso. Deixe-me reformular a minha frase:

Só acho que todo (alguns, muito poucos para a dimensão Brasileira) – então escolhamos os melhores! – o Brasileiro Europeu tem lugar em Portugal pois esse foi o país colonizador.

“é semelhante à justificação dos patriotas do Minho a Timor para consentirem na criação das Amadoras que proliferam por Lisboa.”

Pois… mas há uma diferença óbvia. Os Brasileiros Europeus são nossos descendentes quer cultural quer genéticamente. Então façamos assim: Para reduzir os riscos da iminvasão Brasileira procedamos desta maneira:
1) Só podem entrar em Portugal indivíduos que encaixem no perfil da população étnica Portuguesa (Brasileiros de ascendência primordialmente Europeia), e que entre ela sejam fácilmente confundéveis de maneira a promover a integração.
2) Só será permitida a entrada de Brasileiros do sexo Masculino se não constituirem mais de um terço dos imigrantes de maneira a promover a assimilação e a travar a iminvasão.
3) Famílias que queiram vir para Portugal terão de prestar juramento de fidelidade á sua nova Nação sendo lhe concedida licença de permanência permanente(?) quatro anos depois e apenas se revelarem um comportamento exemplar durante esse espaço de tempo.
No entanto reconheço que é um assunto difícil e complicado.

Comentar por Camões

«Tem visto a serie “God’s Warriors” produzida pela CNN e apresentada pela famosa e tendenciosa jornalista Chistian Amanpour? Apesar de todas as imprecisoes e superficialidades deu para ver e ouvir que DE FACTO o islao e uma real ameaca a nossa cultura…..
Pior cego e aquele que nao que ver…..»

Amigo Miazuria também tenho assistido a essa reportagem e vi a entrevista que Chistian Amanpour deu ao Larry King. Essa tendenciosa reportagem merece que lhe dediquemos um tópico, mas não resisto desde já demonstrar a minha indignação face à comparação, no minímo ridícula, que essa pseudo jornalista pôs em prática. Como se pode comparar os envangelistas cristãos e aquilo que predicam com o terrorismo dos cintos explosivos islâmicos?!

Comentar por arqueofuturista

Não, nem tinha ouvido falar da série God’s Warriors nem conheço a tal jornalista Christian Amanpour (será Indiana?).
Mas não creio que se ponha a ameaça islâmica ao mesmo nível que a Africana. Atentem que a perigosidade dos Mouros residem no facto de eles não serem estúpidos de todo. Reparem o que se passa nos Balcãs e um pouco por toda a Europa Ocidental… Não é que aprove os meios deles (longe disso) mas os resultados estão á vista!

Comentar por Camões

Caro Camões, a ameaça islâmica está interligada em certa medida à africana negra, pois muitos dos imigrantes na Europa são negros e muçulmanos.

Quanto ao programa tente visioná-lo na CNN se tiver hipótese disso, vale a pena, nem que seja para perceber a manipulação informativa contida nessa reportagem.

Comentar por arqueofuturista

É assim, CNN ainda-se apanha agora, saber o horário da dita reportagem… Também não me choca nada manipulações informativas. Estão por todo o lado.
Até aposto (especulo) que aquele menino Inglês de 11 anos assassinado em Liverpool foi assassinado por algum membro de “minorias étnicas” nalgum ritual de iniciação… se o caso for abafado ou se uma das melhores policias do mundo não conseguir encontrar ninguém, é quase certo, para mim, que o assassino tinha uma relação íntima com o profeta adorador de camelos.
Ás vezes com o que se vê e se lê por aí, só dá vontade de pôr uma bomba em cada Mesquita por essa Europa fora (não para matar as pessoas, mas para destruir os símbolos)!

Contudo, é notável que com toda esta atenção dada á Albânia, ao Kosovo e á Sérvia (como a reportagem da RTP) muita gente que há 10 anos condenava os Sérvios como se a causa de todos os males se tratasse, começa a ser um pouco mais racional e a compreender aquilo que realmente se vai passando nos Balcãs. Só espero é que a Grécia não se acobarde e seja firme tal qual a Rússia.
Mais uma vez tudo começou com os egoísmos dos governantes Europeus a 29 de Maio de 1453.

Comentar por Camões

«Até aposto (especulo) que aquele menino Inglês de 11 anos assassinado em Liverpool foi assassinado por algum membro de “minorias étnicas” nalgum ritual de iniciação… »

Curiosamente também já havia pensado nisso. Em Espanha algumas raparigas têm sido violadas por membros de gangues sul-americanos como os Latin King, como forma de provarem o seu compromisso para com o gangue.

Comentar por arqueofuturista

Ainda não tinha ouvido falar de casos desses nesta Peninsula.

Os casos que tenho conhecimento são geralmene associados a muçulmanos em França, na Escandinávia e por essa bela europa a fora…

Em todo o caso vou passar a pesquisar acerca do assunto e não sei porquê, tenho a impressão que esses Latin King não são do Cone do Sul…

Comentar por Camões

Pesquise sobre isso pois por certo ficará surpreendido com a implantação desse gang latino-americano na terra dos nuestros hermanos.

Comentar por arqueofuturista

wu acho uma injustiça gozarem descaradamente com a cultura dos outros….e a pessoa que publicou este anuncio neste blogzinho e duma ignorancia tremenda que nem a compreendeu, dado que nao entende que quem foi colonizar Afica foram gente vlgar e desumana e que neste mundo seus descendentes nao deviam viver……quanto a alguns comentarios desagradaveis postados neste blog agradeço que se recolham a vossa insignificancia,…..Obrigado e nao continuem assim.

Comentar por Kilo.Moreno

Se aqui alguém está mal és tu ó mentecapto que nem sabes escrever português, a língua do povo a quem mostras ódio. Quem és tu para falar de injustiça ó parasita? Vai para a tua terra e morre lá infestado de doenças.

Comentar por Branco com orgulho




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: