O novo totalitarismo bate à porta
Abril 21, 2007, 7:08 pm
Filed under: Em foco

A punição da delinquência e da marginalidade são dever e obrigação de todo estado de direito que se preze. A violência e toda a actividade à margem da lei devem ser denunciadas, reprimidas e punidas, não é isso que está aqui em questão. Infelizmente o domínio do politicamente correcto, munido de um espírito inquisitorial, identificado às mil maravilhas com uma “esquerda” (!!) de vocação totalitária, cúmplice de um capitalismo selvagem, de cores neoliberais, confunde o legítimo direito à liberdade de expressão e ao exercício pacífico das mais amplas liberdades democráticas, com actividades violentas, ilegais e marginais.

Uma confusão que serve e funciona como uma escusa para reprimir e oprimir quem ousa pensar diferente! Estranha forma de conceber e viver a democracia!
Continuar a ler