Eurosibéria
Janeiro 8, 2007, 11:21 pm
Filed under: Fala Guillaume Faye

Celtas, germanos, gregos, eslavos, escandinavos, latinos, iberos, ou mais exactamente nós, seus descendentes, temos que nos pensar agora como um povo único, herdeiros de uma mesma terra, uma imensa pátria com recursos colossais em matérias primas e em energias humanas, nascida de uma História comum. Na menor das hipóteses, do Atlântico às portas da Rússia. Na hipótese desejável (a qual teremos sempre que defender), a eurosiberiana, que podemos chamar paradigma da “Grande Europa”: de Brest a Bering, o mais extenso territorio político unificado de toda a história da humanidade, extendido sobre quatorze meridianos. “Somente existe a política para os que aspiram ao grande, ao muito grande”, dizia Nietzsche. Continuar a ler