Charia em França
Janeiro 7, 2007, 11:35 am
Filed under: Em foco

A “democracia” francesa tem destas coisas. Menos de uma semana após o Tribunal Administrativo de Paris ter decidido não ser possível criminalizar a distribuição de sopas de porco organizada pela Associação Solidariedade Dos Franceses, num volte face surpreendente, ou talvez não, o Conselho de Estado, num puro acto de dimitude abjecta, decidiu anular a decisão do mencionado tribunal, concluindo pela interdição em todo o território francês da distribuição de sopas de porco, na medida em que «esta prática constitui um problema para a ordem pública e tem um carácter discriminatório».

Como é sabido o porco é considerado um animal impuro segundo as imposições religiosas do islamismo e do judaísmo. Os franceses, esse povo impuro, há séculos que consome o presunto, as salsichas de porco, o assado de porco, e, claro está, a sopa de porco, conquanto representam hábitos enraizados da culinária e gastronomia francesa e que nunca provocaram qualquer indigestão a alguém.

Contudo, os “sábios” do Conselho de Estado consideram que distribuir a sopa de porco, uma sopa popular, típica das gentes do campo, dos franceses e dos europeus, àqueles que, sem tecto, passam frio e fome, e que não são muçulmanos ou judeus (?), é um acto discriminatório, racista para falar claro! Em breve os franceses, e por extensão os europeus, apenas poderão comer produtos alimentares que contenham o selo halal ou kosher, que não constituam uma ofensa a Alá ou a Yahvé. 


7 comentários so far
Deixe um comentário

e se as coisa continuarem logo as mulheres serao obrigadas a usar veu em plena europa democratica.

Comentar por horus

Li o comentàrio seguinte no sitio “France Echos” se o presidente da camara de Paris, Delanoë fosse até o fim da sua logica e que a assumise devria prohibir a famosa “gay pride” bem mais contrària aos principios muçulmanos e judeus.

Comentar por Jaï bettancourt de carvalho

Mas esse Delanoë não é ele próprio homosexual?
é que assim já não há problema em contrariar muçulmanos e judeus.

Comentar por social-patriota

Horus, o problema é que não se vive numa Europa democrática, pois caso assim fosse, não se teria proíbido a distribuição das sopas de porco, não se realizavam campanhas persecutórias a escritores, não se interditavam obras dissonantes em relação ao discurso oficial. Crucifixos são retirados das salas de aulas porque ofendem islâmicos, festividades católicas não têm lugar para não ofender os islâmicos, reservam-se praias só para islâmicos. Isto não é democracia, isto é imposição por via do medo e da cobardia que nutre o mundo ocidental em relação aos seus antigos colonos, pois sabem uqe estes estão imbuidos de um espírito de vingança e que a colocarão em marcha assim que puderem. A situação em França é sintomática.

Jaï BC, essa observação é muito oportuna e efectivamente espelha bem o beco sem saída em que se encerram os próprios promotores do multiculturalismo, os quais, face ao dilema por eles criados, perderão o controlo da situação, cujo desfecho não pode ser outro senão catastrófico.

Comentar por arqueofuturista

O Denaloë è homosexual, ele até foi esfaquiado na camara de Paris por um muçulmano.

Conclusão, condideraram o gajo como sofrendo de depresão.

No comment !

Comentar por Jaï bettancourt de carvalho

Neste caso seria mais algo do tipo de síndrome de Estocolmo, aquele irracional fascínio pelo agressor, que adaptado a este Denaloë nada mais é do que um acto de auto-flagelação étnica.

Comentar por arqueofuturista

É verdade, amigo e camarada Arqueofuturista, o problema é que na Europa existe um simulacro de democracia(!!).

Abraço

Comentar por Miazuria




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: