A erosão cultural das Identidades na Europa – parte 1
Novembro 18, 2006, 7:36 pm
Filed under: Europa

O discurso sobre a decadência  emergiu sempre em períodos de crise maior, sendo as dolorosas transicões, férteis em sentimentos de desespero e pessimismo, mas por outro lado geradoras de reacções de esperanca e combate, apanágio de todos os que obstinadamente se recusam a sucumbir perante as convulsões e catastróficos naufrágios.    

Desde Oswald Spengler e a sua famosa obra “Decadência do Ocidente” (Der Untergang des Abendlandes) que o mundo centrado na esfera cultural Greco-Latina e Heleno-Judaico-Cristã se tem interrogado àcerca do seu destino espacial (território) e temporal (histórico).  

  

Com efeito, a humanidade, a que a meu ver erradamente se apelida de “ocidental”(1), na medida em que esta designação peca por ser imprecisa e redutora, enfrenta ameaças e fenómenos de erosão, consequências imediatas da sua própria mundovidência (weltanschauung), ou seja, no seu ilusório e aparente poder reside a sua própria fragilidade estrutural.   

As sucessivas agressões ao seu espaço cultural/civilizacional irrompem das suas inerentes e congénitas limitações, assim como de múltiplos constrangimentos germinados na cumplicidade da liderança etno-masoquista dos dirigentes políticos, à direita e à esquerda.

   O relativismo ético/moral, a religião “secular” dos direitos humanos, o economicismo mercantilista, o consumismo  desenfreado, o etno-masoquismo (2), a omissão e demissão das referências definidoras e fundadoras dos nossos modelos sócio-culturais, a grave desorientacão ideológica constituem os registos que marcam as nossas sociedades contemporâneas.Estas, há muito que perderam as suas imunidades identitárias, sendo evidente que as  nossas defesas intelectuais e morais estão profundamente debilitadas. Dir-se-ia  que a superestrutura ideológica e cultural é corroída a partir do seu interior: a contaminacão mora dentro das fronteiras!

Miguel A. Jardim


3 comentários so far
Deixe um comentário

Só uma dúvida, onde estão as notas de rodapé?

Comentar por WildFaun

Caro Wildfaun, como certamente reparou o artigo não e da minha autoria e está a ser apresentado por partes, sendo de esperar que as notas surgam na última parte. Temos publicadas 4 das 6 partes, logo não faltará muito.

Comentar por arqueofuturista

Ah, ok, obrigado pelo esclarecimento!

Comentar por WildFaun




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: