Triunfo da liberdade de expressão!
Outubro 27, 2006, 10:29 pm
Filed under: Em foco, Europa

Um tribunal dinamarquês ilibou os responsáveis do jornal Jyllands Posten que em Setembro de 2005 publicaram 12 caricaturas de Maomé. De acordo com uma fonte judiciária, o juiz do tribunal de Aarhus considerou que os desenhos não eram ofensivos nem tinham como objectivo ser degradantes para os muçulmanos. 

Sete associações muçulmanas na Dinamarca interpuseram em Março último um processo por injúrias contra o chefe de redacção, Carsten Juste e Flemming Rose, responsável das páginas culturais do jornal dinamarquês, por terem publicado um texto e desenhos “ofensivos e injuriosos” contra o profeta Maomé. Os queixosos consideravam que os desenhos eram um “atentado à sua honra de crentes, porque representavam o profeta como beligerante e criminoso e estabeleciam um laço claro entre Maomé, a guerra e o terrorismo”. De facto essa comparação é injusta, afinal o islão é a religião da paz e da tolerância. 

Ameer ul- Azeem, porta-voz do Jamaat-e-Islami, comentou a decisão do tribunal nestes termos: “Isto (a decisão) era esperado porque os valores e cultura do Ocidente são diferentes das dos países islâmicos“.A sério! Não tinhamos reparado nisso. Bom, talvez isso explique o facto de na Europa os nossos valores, entre os quais um que tanto prezamos, a liberdade de expressão, permitirem a presença sobre o nosso solo de individuos como ele que predicam o ódio aos nossos valores, em total antinomia com os valores islâmicos que não aceitam sequer a existência de uma capelinha cristã na Arábia Saudita, isto apenas para citar um exemplo. 

Os tribunais ocidentais “deviam ouvir o que os responsáveis islâmicos pensam” e respeitar os seus pontos de vista, referiu ainda ul-Azeem. Tem toda a razão, aliás nunca me senti tão concordante com um invasor e colonizador islâmico, porque se os nossos tribunais efectivamente escutassem, lessem e vissem o que que os responsáveis islãmicos promovem certamente o sr. Ul-Azeem já estaria há muito no voo charter a caminho da sua terra natal. Ainda assim, também não deixa de ser caricato ler estas declarações quando essas são proferidas por um badameco que pretende instaurar a Charia em detrimento dos tribunais civis.  


2 comentários so far
Deixe um comentário

concordo absolutamente … nada mais simples do que voos charter, directamente ” pra lá” ( leia-se para Alá ) … felizes e contentes comendo muita areia e cumprindo à risca a gande fé! Luisa

Comentar por Luisa Tavares

Nem mais, Luisa.

Saudações

Comentar por miazuria




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: