Até os mais simples organismos favorecem a sua própria espécie
Setembro 18, 2006, 11:12 am
Filed under: Em foco

Cientistas descobriram que até mesmo os organismo unicelulares como as amebas, os organismos mais simples conhecidos, favorecem os seus semelhantes em momentos de necessidades. Geralmente presentes na água, as amebas também se sacrificam a si mesmas para o bem da sua espécie, concluiram os investigadores de acordo com o número de Agosto da Revista Nature.  

“Ao reconhecer a sua espécie, um micróbio social pode direccionar um comportamento altruista para com os seus parentes” diz Natasha Mehdiabadi, orientadora do estudo na Universidade de Rice.  

Mehdiabadi e os colegas estudaram um grupo de amebas denominadas Dictyostelium purpureum, micróbios comuns existentes no solo que se alimentam de bactérias. Na natureza, quando ocorre uma diminuição de alimentos, estas amebas juntam-se aos milhares e formam estreitos blocos, semelhantes a cogumelos.  

Estes “cogumelos” diminutos têm uma haste autonoma onde se situam as células reproductivas. Uma criatura que eventualmente lhe toque irá transportar essas células reproductivas, permitindo que as amebas possam começar o ciclo de vida outra vez.Contudo, de modo a dispersar as células reproductivas, algumas amebas têm de formar a haste e sacrificarem-se a si próprias nesse processo. 

Mehdiabadi experimentou o método em diferentes grupos de amebas, misturando-as, sendo que ficou demonstrado que os organismos se associam  preferencialmente aos da sua espécie.


3 comentários so far
Deixe um comentário

Para bom entendedor, meia palavra basta!

Boa tacada, Arqueofuturista!

Abraço.

Comentar por WW

Até as amebas são “racistas”! ;)

Comentar por Santarém Identitiária

WW, para bom entendedor e para quem realmente tem alguma consciência de lealdade e respeito para com os seus antepassados e pela herança que presentemente herdou, bem como para com os vindouros.

Santarém-identitária, é verdade, as amebas são mesmo uma cambada de seres preconceituosos. Já estou a ver a Ana Drago e o Zé Falcão histéricos a clamar por um processo crime contra estas amebas danadas.

Comentar por arqueofuturista




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: