Arqueofuturismo em marcha!
Agosto 7, 2006, 7:47 pm
Filed under: Resistência & Reconquista

Arqueofuturismo! Termo arredio para muitos, conhecente para outros, o Arqueofuturismo é uma “atitude de espírito”, nas palavras daquele que cunhou esta palavra de sonoridade metálica e de quem sobejamente iremos fazer menção enquanto for do nosso apetir. Junção de duas palavras aparentemente contrárias, Arqueofuturismo poderá ser, entre múltiplas formas, entendido como a compreensão maturada de que o futuro está, qual axioma inevitável, condenado à fusão com o passado, ou por outras palavras, o futuro passará de forma incontornável pelo ressurgir dos valores ancestrais, e mais ainda, à sua revalorização, ao retorno a formas de pensar arcaicas, modos arcaísticos de encarar a vida, em suma, um retorno às origens e à consequente recuperação dos instintos adormecidos, radicalmente incompatíveis com os vigentes e perniciosos valores humanitaristas e igualitários. 

O Arqueofuturismo, sem pudor, sem pejo ou complexos, assume-se, afirma-se e impoe-se como ideologia. O Arqueofuturismo é a ideologia por excelência, é a Weltschauung, concepção de um mundo novo que, digamo-lo sem tibiezas, será construido com ferro e através do fogo, aurora de uma nova Europa que este século conhecerá o seu Renascimento ou o epílogo enquanto Civilização única, portadora de uma identidade etno-cultural singular, vítima do processo de assanir os povos que designamos etnocídio.

A todos e a cada um de nós cabe o seu quinhão neste combate, no qual a hipótese em nele participar não está sujeito a opção. Resistência & Reconquista é a nossa divisa!


3 comentários so far
Deixe um comentário

felicidades para este projecto.

Comentar por social-patriota

A sociedade mundial dos nossos tempos enche-me de vergonha e apatia. Como pudemos trair tão cobarde e vergonhosamente todos os valores ancestrais, vendendo-nos como p*tas ao 1º que aparece!?! O presente Homem não mais é digno de carregar a herança dos antepassados, por a espizanhar e negligenciar desavergonhadamente. Como nos tornamos tão fracos, cobardes e futeis?!…Que é feito do orgulho, da honra, da palavra, da coragem e glória?!…somos meros ratos de laboratório….que vergonha!
Embora pense que, infelizmente, o futuro nunca se poderá igualar ao passado – pois este mundo fácil não se irá render facilmente a valores históricos forjados a sangue, suor e dignidade – acredito piamente que o arqueofuturismo deve-se impor cada vez mais perto de quem ainda pode fazer a diferença:os mais jovens. Contudo, num mundo tão hipocritamente “sensivel”, é preciso ter cuidado para, em vez de criarmos aliados, não criemos inimigos.
Temos o dever de mudar mentalidades.
Bem haja.

Comentar por Vera Maia

Vera, comungo inteiramente da sua inquietação e partilho de idêntica aspiração de ver o arqueofuturismo, ou por outras palavras, o identitarismo, vingar num mundo cada vez menos rico a sua diversidade, desprovido de valores e a caminhar a passos largos para a uniformização planetária.

Na mudança de mentalidades está o cerne do combate a encetar, um combate por certo moroso e árduo, aliado num plano mais amplo ao combate cultural e político, mas que deve e tem de ser posto em marcha.

Comentar por arqueofuturista




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: